quinta-feira, 27 de abril de 2017

CAMAÇARI: Acusada de matar o próprio filho, mulher é solta após 30 dias

A mulher suspeita de mandar matar o filho de 7 anos, em Camaçari, na região metropolitana de Salvador, em 2015, foi presa há 30 dias, mas já foi liberada, na quarta-feira (26), após vencer o prazo da prisão temporária. Alexandra Moura da Silva, de 26 anos, se apresentou na 18ª Delegacia (Camaçari), no dia 28 de março, acompanhada de um advogado e, apesar de ter a prisão temporário decretada, negou envolvimento no crime. A polícia suspeitou de Alexandra, após um homem, apontado como seu amante, apontá-la como mandante do assassinato. O caso é apurado pela 18ª Delegacia de Camaçari. (Bahia.Ba)

0 comentários:

Deixe aqui sua opínião