sexta-feira, 14 de abril de 2017

CAMAÇARI ► Cidade descobre que prefeito é fantoche

Parece que o prefeito eleito com pompas em Camaçari não decolou no início da sua gestão. Fontes ligadas ao site afirmam que ele não decidiu sobre a escolha dos seus secretários e acabou ficando perdido em quase todos os assuntos da cidade. 

Os caciques de lá vieram, a maioria, da caneta do prefeito ACM Neto (DEM), do deputado Paulo Azi (DEM), de Tude (PMDB), que é vice-prefeito, e de Hélder, que é o chefe de gabinete. 

Dizem que a prefeitura está dividida em quatro, uma verdadeira Torre de Babel onde ninguém se entende e nem mesmo com o prefeito eleito que de nada sabe... e já estaria sendo isolado pelos demistas soteropolitanos. Abra o olho prefeito.

A oposição não perdoa

Em Camaçari, os opositores do prefeito Elinaldo (DEM) não perderam a oportunidade de depreciar a gestão do demista nestes 100 dias. Divulgaram nas redes sociais um punhado de cards questionando o prefeito. Deu pano para manga e não houve resposta.

0 comentários:

Deixe aqui sua opínião