terça-feira, 25 de abril de 2017

CAMAÇARI: Ocupada há seis dias, Câmara suspende sessão desta terça

A sessão da Câmara Municipal de Camaçari, na região metropolitana de Salvador, foi suspensa nesta terça-feira (25), por conta da ocupação de estudantes que protestam contra o aumento do valor na tarifa de transporte público, válido desde o dia 10 de abril. A ocupação começou na última quinta-feira (20). De acordo com a assessoria de imprensa da Câmara, o movimento conta com estudantes das redes municipal e estadual, além de universitários do município. A presença dos estudantes não interrompeu o expediente dos funcionários da Câmara, porém, por conta da ocupação, não houve atendimento ao público.

 O líder da União dos Estudantes Secundaristas de Camaçari (Uesc), Jardel Corbacho, diz que o movimento pede a revogação do reajuste da tarifa de transporte público. Ainda não há previsão de quando o movimento irá desocupar a Casa. Segundo a prefeitura de Camaçari, as passagens dos ônibus que circulam na sede e entre as localidades que ligam à orla de Camaçari sofreram reajustes com um percentual médio de 11.1%. A prefeitura afirma que as tarifas de transportes urbanos estavam com valores defasados, porque não sofriam aumento desde julho de 2015. O transporte que circula na chamada faixa 1, que circulam na sede do município, a tarifa subiu 13%. 

A passagem subiu de R$ 2,30 para R$ 2,60. Já na faixa 2, para os ônibus que circulam entre a sede e Arembepe, Jauá, Vila de Abrantes, Catu de Abrantes, Cordoaria, Açu da Capivara e Cajazeiras de Abrantes, o aumento foi de 11,5%. A passarem subiu de R$ 2,60 para R$ 2,90. Já na faixa 3, entre a sede e Barra do Jacuípe, a passagem subiu de R$ 2.70 para R$ 3, um reajuste de 11%. A faixa 4, entre a sede e Guarajuba e Monte Gordo o índice de aumento foi de quase 9,67%, com a tarifa passando de R$ 3,10 para R$ 3,40. Na faixa 5, entre a sede e Barra do Pojuca, Fazenda Cajazeira, Tiririca, Lagoa Seca e Jordão, a tarifa subiu 10%: de R$ 4 para R$ 4,40.

0 comentários:

Deixe aqui sua opínião