sexta-feira, 14 de abril de 2017

SANTO ANT. JESUS ► Laudo é inconclusivo sobre a morte da adolescente Maria Clara, diz coordenador do DPT

Uma adolescente conhecida como Maria Clara, 12 anos, morreu após passar mal durante um evento em Santo Antônio de Jesus, na madrugada desse domingo, 9. 

De acordo com o Coordenador do Departamento de Polícia Técnica (DPT), Dr. Ricardo Neri, as causas da morte ainda é inconclusiva. “Não temos muita informação. 

A perícia técnica fez os exames, contudo não achou nenhum elemento visível que diagnosticasse a causa da morte. 

Foi feita coleta de uma série de materiais biológicos como sangue, vísceras, e encaminhado para o laboratório central de policia técnica em Salvador para pesquisas de veneno, psicotrópicos, entre outras substâncias que possam ter dado causa a morte da pequena Clara. 

O coração também é retirado e aguardamos o resultado do exame”, disse. Segundo ele, nenhuma hipótese foi descartada e dentro de 30 a 45 dias todos os exames devem está prontos. “Nós fazemos os exames completos, coletas de todos os materiais, fios de cabelo, urina, sangue, com todos os resultados, um vai excluir o outro e vai determinar a causa da morte”, explicou.

0 comentários:

Deixe aqui sua opínião