quinta-feira, 27 de abril de 2017

VITÓRIA DA CONQUISTA: Gestão não adere a greve geral, mas falta de servidor não será computada

Ao contrário de informações divulgadas em blogs da região sudoeste do estado, a prefeitura de Vitória da Conquista informou ao Bahia Notícias que não aderiu a greve geral e que estará funcionando normalmente nesta sexta-feira (23). A gestão ainda convidou o funcionalismo para comparecer em sua totalidade aos respectivos locais de trabalho. "O Governo Municipal deixou claro que não estimula, não apoia e nem organiza movimentos; seu papel é gerenciar a cidade com um olhar de desenvolvimento para todos os munícipes", consta na nota. A informação da adesão à greve teria sido divulgada após um ofício assinado pelo secretário municipal de Administração, Gildásio Oliveira de Oliveira, ter sido enviado ao Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Vitória da Conquista (Sinserv). Nele, a prefeitura informava que não seria computada a falta do servidor que aderir à manifestação nacional prevista para acontecer no dia 28 de abril de 2017.

Sobre o documento, a prefeitura afirma que apesar de não aderir ao movimento nacional, serão respeitados "os direitos dos trabalhadores organizados, sem qualquer tipo de perseguição ou intimidação, respeitando o livre direito de expressão e democracia". Ao fim, a gestão reafirmou que não apoia a greve geral. "Cremos que as soluções para os problemas do país se darão a partir do trabalho e do compromisso com o contribuinte e cidadão. Mobilizações, como essa, que visam tumultuar o processo de recuperação do Brasil, e de enfrentamento dos problemas depois de anos fantasiosos que quebraram o país, em nada contribuem para uma discussão séria sobre os rumos da nação, e as reformas emergenciais que precisamos para a retomada do desenvolvimento", declara. (BN)

0 comentários:

Deixe aqui sua opínião