terça-feira, 2 de maio de 2017

JEREMOABO: Preso suspeito de matar e incendiar casa de assessora parlamentar

A polícia prendeu em flagrante na manhã desta terça-feira (2), no município de Jeremoabo, Raul de Jesus, de 24 anos. Ele é apontado como autor do feminicídio da assessora parlamentar Izabelly Oliveira Bispo Souza, 26 anos, na madrugada desta segunda-feira (1º). Além de matar a vítima com arma branca, Raul também ateou fogo no imóvel logo após o crime.

Segundo a Polícia Militar, por volta das 7h30 de hoje, policiais do 20º Batalhão de Polícia Militar (BPM/Paulo Afonso) receberam denúncia de que o suspeito estaria escondido no povoado Cabeça da Vaca.

Uma equipe foi encaminhada ao local e encontrou Raul com queimaduras no rosto e na perna direita. Ele não resistiu à prisão e foi conduzido para o Hospital Municipal de Jeremoabo, onde foi atendido e medicado, e em seguida levado para a delegacia da cidade.

Por medidas de segurança, Raul foi levado pelas polícias Civil e Militar para delegacia de Paulo Afonso, onde foi feito o registro da prisão em flagrante. "Em meia hora que ele chegou aqui juntou mais de 100 pessoas na frente da delegacia. As pessoas começaram a falar em linchar e, até para segurança dos policiais, tomamos essa decisão de levar ele daqui", comentou um policial que preferiu não se identificar.

A motivação do crime ainda é desconhecida. Segundo a polícia o suspeito tinha um relacionamento com a vítima. Ele será ouvido pelo delegado Ailton José de Souza, titular em Jeremoabo.

Luto
Izabelly Oliveira trabalhava como assessora parlamentar. Por conta da morte, o presidente da Câmara de Vereadores, Bino Oliveira, suspendeu a sessão marcada para esta terça-feira (2). Em nota, a casa informou que as atividades foram prorrogadas para terça-feira (9). O corpo de Izabelly foi enterrado nesta segunda (1º).

Nas redes sociais, muitos amigos expressaram seus sentimentos de tristeza com a morte de Izabelly e desejaram força para a família. "Linda minha amiga. Deus que coloque em um bom lugar"; "Deus conforte toda sua família"; "Você vai fazer muita falta amiga e vizinha", foram algumas das mensagens.

O crime
O crime aconteceu por volta das 0h30 desta segunda-feira (1º), na Avenida Paraíba, no bairro José Nolasco. De acordo com o delegado Ailton José, Izabelly foi assassinada com golpes de algum objeto perfurocortante. "Pelas características das lesões foi algum objeto contundente, como uma foice ou um facão", explicou o delegado. Após tirar a vida de Izabelly, o autor do crime pôs fogo na casa. "Ele [o autor] provavelmente estava tentando ocultar o corpo ou dificultar o trabalho da perícia", disse o delegado. O suspeito fugiu logo após o crime.

A cena do crime foi periciada e o corpo de Izabelly foi removido pela Polícia Técnica até o Instituto Médico Legal (IML) de Paulo Afonso, para ser periciado e liberado para o sepultamento. As roupas de Raul, que estavam queimadas, também foram encaminhas para a perícia.

0 comentários:

Deixe aqui sua opínião