terça-feira, 23 de maio de 2017

PALMEIRAS ūüĆī Ex-prefeito contrata R$ 150 mil para festa junina e decreta estado de emerg√™ncia

O ex-prefeito de Palmeiras, Adriano de Queiroz Alves, mais conhecido como Didico (PPS) foi multado pelo Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), nesta terça-feira (23), por contratar empresas para festejos juninos, em 2016, no valor de R$ 155 mil, e logo depois decretar situação de emergência no município. Para o TCM, o ex-prefeito não estabeleceu prioridades, apesar da estiagem que a população enfrentava.

A corte de contas determinou representa√ß√£o ao Minist√©rio P√ļblico Estadual contra o gestor, para que se apure a pr√°tica de ato de improbidade administrativa, em raz√£o da irrazoabilidade dos gastos. Os contratos foram realizados 14 dias antes da decreta√ß√£o do estado de emerg√™ncia. A empresa contratada foi a Jadson Bastos Macedo para a realiza√ß√£o das festas de S√£o Jo√£o.

O ex-gestor foi multado em R$ 15 mil. Cabe recurso da decis√£o.

0 coment√°rios:

Deixe aqui sua opínião