terça-feira, 16 de maio de 2017

SALVADOR: Força-tarefa faz vistoria em 6 mil imóveis para identificar abrigos de morcegos

Pelos menos 6 mil imóveis serão vistoriados até o final da semana pelo Centro de Controle de Zoonoses de Salvador (CCZ) para identificar abrigos de morcegos e vacinar animais domésticos em Salvador. A ação de prevenção começou nesta terça-feira (16) e vai percorrer imóveis nos bairros do Santo Antônio, Saúde, Comércio, Macaúbas e Barbalho. 
Dez duplas de agentes de zoonoses já estão nas ruas. A expectativa é de que, até o final do dia, cerca de 3 mil imóveis sejam visitados. Além das visitas, cães e gatos das famílias visitadas serão imunizados com vacina antirrábica. A medida foi tomada após moradores do Centro Histórico terem sido vítimas de ataques de morcegos.

As vítimas que foram expostas ao ataque do mamífero voador estão sendo encaminhadas para o Hospital Couto Maia, no Monte Serrat, onde receberão o tratamento completo, que inclui três doses da vacina antirrábica.

"A visita acontece de casa em casa, onde os agentes do centro do zoonoses fazem a vacinação de cães e gatos, tentam identificar abrigos de morcegos e pessoas que foram mordidas por esses animais. A vacina humana e pós-exposição. Primeiro ele é encaminhado para uma avaliação onde o médico deve dizer a quantidade certa para cada caso", explicou Aroldo Carneiro, chefe do Setor de Vigilância Contra a Raiva do CCZ.

Caça aos morcegos
Ao todo 30 agentes fazem parte da força-tarefa montada pelo CCZ, órgão vinculado à Secretaria Municipal de Saúde (SMS). Os agentes saíram da Unidade Básica de Saúde de Santo Antônio, na Praça Quinze Mistérios, às 9h.

A ação também terá caráter educativo e de conscientização. A recomendação para os moradores dessas localidades é que mantenham janelas fechadas durante a noite e façam uso de telas protetoras.(CORREIO)

0 comentários:

Deixe aqui sua opínião