quarta-feira, 3 de maio de 2017

SALVADOR ☼ Segurança que atirou em adolescentes no Lobato alega ameaças

O segurança Júlio César de Jesus Perpétuo se apresentou acompanhado de dois advogados na tarde desta quarta-feira (3), que pediram a preservação da imagem de Júlio, no Departamento de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP). 

Em depoimento prestado, a delegada Pilly Dantas, titular da 3ª Delegacia de Homicídios da Baia de Todos os Santos (BTS), o segurança confessou o crime e alegou que era ameaçado constantemente pelos jovens. "Ele disse que era ameaçado até de morte. Ele disse que está arrependido, não tinha intenção de matar é só queria dar um susto", relata a titular. 

Após ser ouvido, o segurança vai passar pelo exame de lesões corporais no IML e depois vai para carceragem do Complexo de Delegacias da Baixa do Fiscal.

0 comentários:

Deixe aqui sua opínião