sábado, 20 de maio de 2017

SALVADOR ☼ Suspeito de matar ex-namorada no bairro de Itapuã, em Salvador, é incluído no 'Baralho do Crime'

Basta entrar em contato através dos telefones (71) 3235-0000 (capital e Região Metropolitana) e 181 (interior).
Adriel Montenegro dos Santos está no Baralho do Crime da Secretaria de Segurança Pública da Bahia (Foto: Divulgação/SSP_BA)

Adriel Montenegro dos Santos, 21 anos, procurado pela Polícia Civil da Bahia como autor da morte da garota de 15 anos Andrezza Victória Paixão, ex-namorada do suspeito, foi incluído no "Baralho do Crime" da Secretaria de Segurança Pública. O "baralho" é uma catalogação de fotos e informações dos bandidos mais procurados do estado, que têm as identidades e imagens divulgadas a fim de que a população possa ajudar a localizá-los.

A jovem foi morta com tiro na casa de Adriel, no bairro de Itapuã, em Salvador, no dia 17 de abril. Desde então, ele é procurado pela polícia. O pai do rapaz é policial militar e foi a pessoa que socorreu a garota baleada até uma Unidade de Pronto Atnedimento (UPA), no mesmo bairro, mas Andrezza não resistiu e morreu. Segundo informações da polícia da Bahia, a arma utilizada no crime contra a jovem é de uso restrito das polícias Civil e Militar, mas até o momento, as investigações não apontaram a quem pertence o arma usada para matar a garota.
Adriel Montenegro, suspeito de matar a ex-namorada, a adolescente Victória Paixão (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

A Secretaria de Segurança aponta que ele matou a garota por não aceitar o fim do relacionamento.

Adriel Montenegro dos Santos foi inserido no Baralho do Crime em substituição a Aílton Santos Ferreira. Segundo a SSP, outros seis criminosos agora fazem parte da ferramenta com as imagens dos criminosos mais procurados do estado. 

As novas cartas já estão disponíveis no site do Disque-Denúncia e o cidadão não precisa se identificar para colaborar com o trabalho da polícia. Basta entrar em contato através dos telefones (71) 3235-0000 (capital e Região Metropolitana) e 181 (interior).

0 comentários:

Deixe aqui sua opínião