sexta-feira, 26 de maio de 2017

STº ANTº JESUS ☼ Novo Comandante da PM destaca importância da guarda municipal; “ferramenta de trabalho que agrega valor à segurança pública”, diz

A sensatez parece ser uma das características principais do Tenente Coronel Irlando Lino Magalhães Oliveira, que assumirá nos próximos dias o 14º Batalhão de Polícia Militar de Santo Antônio de Jesus, substituindo o Tenente Coronel Adalberto Piton. 

A mudança é uma das demais substituições que o Comando Geral da PM publicou no Diário Oficial dessa quinta-feira, 25.

Dos 33 anos de polícia, 09 o Tenente Coronel Irlando Lino vem dedicando as atividades em comandos operacionais, iniciados na complexa cidade de Dias D’Ávila, que possui um alto índice de criminalidade, passando por Macaúbas e, recentemente, Livramento de Nossa Senhora.

O novo Tenente Coronel destaca, em entrevista ao programa Levante a Voz, da Rádio Andaiá FM, o brilhante trabalho do seu antecessor, Adalberto Píton, o qual ele promete dar continuidade. Mas, não é só isso.

Com um discurso reflexivo, em uma cidade que clama pela redução dos índices de violência, o Coronel Irlando vai além. “É preciso que a polícia militar se antecipe aos fatos”, diz. Fazendo referência a ações para atuar nas causas dos problemas sociais.

E não é só discurso. O projeto desenvolvido por ele leva o nome “Ações Preventivas nas Escolas e Comunidades (Proapec)”, já foi apresentado para mais de 14 mil estudantes e, em breve, estará sendo implantando em todos os comandos da Polícia Militar da Bahia. 

A ação consiste, prioritariamente, na aproximação da polícia com a comunidade, abordando temas que são geradores da violência. “O processo educacional. Família, escola e sociedade, apresentando as reflexões para drogas licitas e ilícitas, dicas importantes e outras temáticas, adequando a realidade da região”, explica ele, que ainda possui especialização em Gestão da Segurança Pública, pela Universidade do Estado da Bahia (UNEB), Direitos Humanos, pela Faculdade Dois de Julho e em Programa de Desenvolvimento Gerencial Integrado (PDGI), na área de Gestão de Segurança Pública.


A consistência do discurso do novo comandante da tropa militar de Santo Antônio de Jesus também sinaliza sua vontade de participação mais ativa das esferas judiciarias, estreitando os laços com todos que compõe o sistema de defesa social. “Não se faz segurança pública só com polícia. O fluxo processual penal passa pela PM, dando continuidade na polícia judiciaria, vai pra apreciação no Ministério Público e tem a sua culminância no judiciário. É importante que estreitemos os laços com todos os setores que compõe esse sistema”, sugere.

Sem isentar o poder público municipal, o Tenente Coronel Irlando demonstra vontade de conversar com prefeitos das cidades que irão ficar sob o seu comando. “O município tem um papel importante na segurança pública. Segurança pública é dever do Estado, mas responsabilidade de todos nós”, diz, citando ainda o Art. 144, que estabelece a instalação da Guarda Municipal. “Eu não sei se, por exemplo, Santo Antônio de Jesus tem guarda municipal. É preciso que o município dê a contrapartida”, defendendo que a Guarda é uma ferramenta de trabalho que agrega valor à segurança pública.

Santo Antônio de Jesus

Destacando a prosperidade de uma das principais cidades do recôncavo baiano, o Tenente Coronel vai intensificar as blitz e abordagens. “Não vamos abrir mão. As ações da PM são essencialmente prevenção. Através dessas ações que vamos prender drogas, tirar armas de circulação e verificar quem tem mandato de prisão em aberto”, conta.

Na próxima terça-feira, ele estará reunido com o Tenente Coronel Piton para ter uma visão mais detalhada da realidade da cidade e região, além de conversar com a tropa sobre as ações para os festejos juninos.

Publicação original Blog do Valente

0 comentários:

Deixe aqui sua opínião