quarta-feira, 14 de junho de 2017

FEIRA DE SANTANA ☼ Adolescente vende chapéu junino vestido de mulher e chama atenção no centro da cidade

No centro comercial de Feira de Santana tem de tudo. Inúmeras variedades de produtos, lojas, pessoas e alguns personagens inusitados que chamam a atenção de quem passa. A decoração junina de algumas lojas e galerias também ganha destaque, assim como o vendedor de chapéus juninos, o adolescente Elton Lopes, de 16 anos.
Impossível não vê-lo quando passa pelas principais ruas e avenidas do comércio. Quando ele chega, a Avenida Senhor dos Passos para e todos acham engraçada a sua forma de comercializar o produto. Os clientes também são atraídos e assim ele consegue vender até 100 chápeus por dia.

A alegria e descontração de Elton já são alguns dos diferenciais do seu estilo de comercializar. Além disso, o vestido de caipira e a maquiagem bem marcada despertam a curiosidade e o riso daqueles que transitam pelas ruas de Feira de Santana.

As dancinhas e o rebolado também fazem parte do show do comerciante, assim como os trejeitos femininos. “Bora menina, bora comprar o chapéu, o preço abaixou, viu? Corre logo!”, essa é uma das chamadas publicitárias do jovem.
E de repente os clientes chegam. Entre muitas gargalhadas, sai um chapéu infantil aqui, outro chapéu adulto ali. Os preços variam de R$8 a R$10 e ele conta que escolheu se vestir de mulher para driblar a crise e também a concorrência.

“Eu vendo chapéu já há três anos. Aí agora eu decidi me vestir de mulher. O povo acha engraçado e eu vendo muito mais rápido. O pessoal brinca muito, me chama de menina, mas eu nem ligo”, afirma.

Morador do conjunto Feira IX, Elton também diz que não tem vergonha de se vestir de mulher para vender seus chapéus, que a família o apoia e acha tudo normal.

“Oxe, eu não tenho vergonha não. Vergonha é roubar e eu estou trabalhando. Só minha namorada que acha um pouco estranho. Mas olha, eu não sou ‘desviado’ não viu”, brinca aos risos.

O sucesso de Elton tem sido tão grande que até um nome para o personagem ele criou. Personagem esta que carrega uma bolsinha a tira colo, também colorida para combinar com o look junino. Entre a vendas, acontece sempre uma paradinha para tirar uma foto e bater um papo com a clientela.

“O nome dela é Joana. Eu venho para o centro da cidade todos os dias de roupa normal. Aqui que eu me transformo, fico linda e maravilhosa e aí começa o show”, relata.

Foto: Rachel Pinto/Acorda Cidade/Redação Feira Santana

0 comentários:

Deixe aqui sua opínião