segunda-feira, 26 de junho de 2017

SALVADOR ☼ Paciente cobra realização de exame no Hospital da Mulher; queixas são frequentes

Inaugurado em janeiro, o Hospital da Mulher, em Salvador, tem recebido constantes críticas. Na manhã desta segunda-feira (26), vários ouvintes da Rádio Metrópole reclamaram da má prestação de serviço na unidade e a denúncia que mais chamou a atenção foi a de Laila Silva de Araújo, de 27 anos, que está internada e precisa de um exame. 

Angustiada com a demora no atendimento, ela ligou do leito do hospital para o Jornal da Bahia no Ar. "Tô ligando para pedir uma ajuda, estou desde o dia 12 [de junho] internada e tô dependendo da regulação para fazer um exame e sair daqui. Até agora não resolve. Estou com um problema de vesícula, uma situação um pouco complicada, preciso fazer o exame CPRE para que eu possa sair daqui", disse.

Não parou por aí, na sequência, outros ouvintes também se manifestaram. "A minha esposa está desde a semana passada internada para fazer exames e até agora nada. Nem com a assistente social a gente consegue falar", relatou Marcos. "Em janeiro fui marcar um exame e só consegui fazer agora em junho. Cinco meses depois", revelou outra ouvinte. Em contato com a rádio, a Secretaria Estadual de Saúde (Sesab) informou que vai apurar o caso.

0 comentários:

Deixe aqui sua opínião