sábado, 22 de julho de 2017

CAMAÇARI ☼ Poluição sonora das lojas vira caso de polícia

A poluição sonora provocada no Centro da cidade por algumas lojas comerciais pode virar caso de polícia. Os gerentes das empresas denunciadas serão convidados para uma reunião com o Comandante da Polícia Militar de Camaçari o Coronel Henrique Melo na próxima semana para resolver esse situação.

Essas lojas costumam colocar som alto com locutores que ficam muitas vezes disputando os clientes na rua, mas o barulho constante dessas lojas provoca doença em todos que estão ou trabalham por perto, garante os médicos. Com a concorrência acirrada dos ultimos meses a situação ficou insuportável segundo trabalhadores e empresários da região central.

Outros que estão na mira da PM são os vendedores ambulantes de CD e DVD piratas em carrinho de som que estão provocando sérios transtornos. “É muito difícil trabalhar, atender telefone, pensar, tomar decisões, com esse barulho o dia todo nos meus ouvidos” disse um trabalhador da Rua Getulio Vargas, próximo a Igreja São Thomaz de Cantuária, onde se concentram em maior número esses carrinhos de som.

0 comentários:

Deixe aqui sua opínião