segunda-feira, 3 de julho de 2017

FEIRA DE SANTANA ☼ Piscinas do FTC serão aterradas e empresária lamenta perda para o esporte

Fundado em 1944, o Feira Tênis Clube (FTC), que já foi um importante espaço de entretenimento, cultura e esportes da sociedade feirense, terá as suas piscinas aterradas nos próximos dias. Em 2013, o clube foi arrematado em leilão por R$ 1,6 milhão. A partir daí, em parte do local passou a funcionar um estacionamento privado. 

O espaço de esportes e lazer ainda vinha sendo utilizado por atletas do pólo aquático, e a academia que funciona no local desde o ano 2000 também buscou se manter ofertando aulas de natação para atletas, idosos, crianças e deficientes físicos, dentre outros clientes, com preços mais acessíveis.

A proprietária da academia que funciona no FTC, Lília Paula, lamenta o fato de ter que encerrar as atividades. Para ela, a perda será muito grande para pessoas de toda a Feira de Santana e região, que ainda encontravam no lugar oportunidade de praticar esportes e atividades físicas.

“Realmente, a cidade perde. Eu acho que é um dos últimos centros de treinamento aquático da cidade. Não só Feira, mas os distritos, cidades circunvizinhas, pessoas que precisavam das piscinas para terapia, atividade física, vários fins. Mas isso não foi decidido agora, foi determinado desde quando o clube foi arrematado no leilão”, afirma.

Segundo Lília, a academia vinha sobrevivendo desde 2013, quando os novos proprietários tomaram posse e cederam o espaço para que a empresa continuasse desenvolvendo suas atividades. No entanto, de acordo com ela, agora terá que encerrar as atividades.

“Desde 2000 estamos aqui explorando a parte da natação e algumas áreas da sede. A gente estava aqui tentando manter viva a tradição dos esportes. Nós trabalhávamos com idosos, crianças, deficientes físicos, com preços acessíveis, bons profissionais e uma localização privilegiada. Acho que todo o erro começou há sete anos quando os proprietários do clube permitiram que ele fosse a leilão. Tudo se originou de uma falha na administração e a gente agora colhe as consequências disso”, desabafou a empresária.

Com informações e fotos do repórter Paulo José 

0 comentários:

Deixe aqui sua opínião