segunda-feira, 3 de julho de 2017

FGTS ☼ Saque do FGTS para nascidos em dezembro começa sábado

Trabalhador que já teve o resgate autorizado tem até o próximo dia 31 para sacar os recursos. Depois desta data, o dinheiro só poderá ser acessado nos casos previstos em lei

Trabalhadores nascidos em dezembro poderão sacar o FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) de contas inativas a partir de sábado (8). A Caixa anunciou hoje a antecipação da abertura do pagamento, até então marcada para o dia 14. 

Trabalhadores nascidos em outros meses e que por isso já haviam tido o direito de sacar estes recursos mas ainda não o fizeram têm até o próximo dia 31 para efetuar resgatar esse dinheiro. Depois desta data, os recursos não sacados voltarão para o FGTS e só vão poder ser acessados em casos previstos em lei, a exemplo de demissão sem justa causa, compra de imóvel ou doença grave na família.

O saque de contas inativas do FGTS foi uma medida adotada pelo governo federal para conter a crise econômica do país. A autorização para o resgate começou em março e obedeceu a um coronograma montado pela Caixa Econômica Federal – banco que administra as contas do FGTS – baseado no mÊs de nascimento dos trabalhadores benefciados. 

Tem o direito ao saque todo trabalhador que pediu demissão ou teve seu contrato de trabalho finalizado por justa causa até 31/12/2015. A Caixa informou que mais de 60 mil trabalhadores aptos a receber, ainda não tinham sacado o FGTS.

Os trabalhadores que têm Cartão Cidadão e a senha, que tem o recurso disponível no valor de até R$ 3 mil, podem sacar nos caixas de autoatendimento, correspondentes Caixa ou nas lotéricas. Acima de R$ 3 mil os saques devem ser feitos nas agências. É preciso que o trabalhador esteja com documento de identificação e Carteira de Trabalho, ou outro documento que comprove a rescisão do contrato.

Para o caso de dúvidas e consulta de saldo, as informações podem ser acessadas no site da Caixa: www.caixa.gov.br/contasinativas ou pelo telefone 0800 726 2017.

0 comentários:

Deixe aqui sua opínião