quarta-feira, 19 de julho de 2017

SALVADOR> Aluna é assaltada e agredida dentro de estacionamento da Ufba na Federação

Dois homens armados agrediram e roubaram o carro de uma estudante da Universidade Federal da Bahia (Ufba), no estacionamento da Faculdade de Arquitetura, na Federação, na noite desta segunda-feira (17). De acordo com a vítima, que não quis se identificar, o assalto aconteceu por volta das 21h30, quando ela se preparava para ir embora. 

Ainda de acordo com a estudante, que cursa o sexto período do Bacharelado Interdisciplinar em Humanidades (BI), ela voltava de uma aula no PAF6, ao lado da Faculdade de Arquitetura, e se preparava para sair, quando um homem abriu a porta traseira do veículo, sentou no banco do carona e anunciou o assalto.

"Eu tinha acabado de entrar e estava passando uma mensagem no celular. As portas ainda estavam destravadas quando o homem entrou gritando: 'passa tudo, passa tudo'. Eu fiquei desesperada e comecei a chorar", conta a estudante.

Ainda de acordo com ela, logo em seguida, um outro homem abriu a porta do motorista. Foi nesse momento que a estudante foi agredida com uma coronhada na cabeça pelo homem que estava no carona. "Foi rápido, quando eu pensei em ter uma reação fui surpreendida com o impacto da arma".


Após ter o carro levado pelos bandidos, a estudante pediu ajuda ao pai de um aluno que aguardava a saída do filho no estacionamento do campus. Além do veículo, foram levados também o celular, documentos e livros da jovem. "Eu queria muito dizer que não, mas, desde que pisei os pés na Ufba, nunca me senti segura. Sempre imaginei que isso poderia acontecer comigo, como acontece com tantos outros estudantes", lamenta.

Após o crime, a jovem foi levada pelo pai do aluno até sua casa. De lá, ela procurou a Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos (DRFRV), no Iguatemi, onde registrou a ocorrência. A assessoria de comunicação da Ufba foi procurada, mas, até o momento, não se posicionou sobre o assunto. 

Insegurança
No dia 11 de maio deste ano, um mototaxista foi morto a tiros no estacionamento da Faculdade de Filosofia da Universidade Federal da Bahia (Ufba), na Federação. O crime aconteceu após uma perseguição, que começou no meio da Rua Aristides Novis e terminou no interior da instituição.

Após o crime, um casal foi preso acusado de matar o mototaxista. Eles disseram à polícia que a intenção era roubar o dinheiro de uma rifa que o mototaxista fazia e que escolheram o campus da universidade por ser um local deserto. Na época, a Ufba chegou a suspender as aulas.

Em março deste ano, um grupo armado rendeu os vigilantes do Instituto de Ciência e Saúde (ICS) da Universidade Federal da Bahia (Ufba), no Vale do Canela. Os criminosos conseguiram acessar um terminal bancário que funcionava dentro da unidade, além de equipamentos de audiovisual. Os assaltantes ainda conseguiram levar três data-show (projetores de imagem) e três televisores que estavam em salas da unidade.(Correio)

0 comentários:

Deixe aqui sua opínião