domingo, 6 de agosto de 2017

FUTEBOL ☼ Bahia desbanca 'freguês' São Paulo e respira no Brasileirão

Precisando de uma vitória para se manter fora da zona de rebaixamento, o Bahia conseguiu derrotar um rival direto na briga contra a queda, na tarde deste domingo (06), na Fonte Nova. Em partida válida pela 19ª rodada da Série A, o Esquadrão manteve a tradição de se dar bem contra o São Paulo, batendo os ‘fregueses’ por 2 a 1, contando com gols de Régis e Mendoza, enquanto os paulistas descontaram com Hernanes, de pênalti.

O resultado afastou o Bahia do Z-4. O time que ainda é comandado pelo interino Preto Casagrande agora ocupa a 13ª posição na tabela de classificação, e ainda podendo cair uma casa até o final da rodada.

N próxima rodada o Bahia pega o Atlético-PR, em partida agendada para acontecer no domingo (13), na Arena da Baixada. 

O jogo 

Tentando voltar a ser temido na Fonte Nova, o Bahia foi para cima do São Paulo. O Esquadrão assustou pela primeira vez aos seis minutos, com Edson arriscando chute de muito longe e pegando forte na bola, mas ela foi para fora.

O São Paulo respondeu aos nove, com Marcinho. O atacante recebeu de Pratto após erro na saída de bola do Bahia, mas na hora de bater tirou demais do goleiro Jean e mandou pela linha de fundo.

Conseguindo segurar a pressão do Esquadrão, os paulistas equilibraram as ações e passaram a assustar nos contra-ataques. Na melhor chance, o adversário do Bahia aproveitou erro de Armero para chegar em velocidade com Cueva, que desceu pela esquerda e bateu com a bola passando com muito perigo ao lado do gol de Jean, que estava batido no lance.

Pior em campo e com a torcida já pegando no pé de Armero, o Bahia abriu o placar e ampliou em apenas dois minutos, garantindo vantagem para o segundo tempo na Fonte Nova. O primeiro saiu após lance em que Rodrigão recebeu de Mendoza e cruzou para o meio, com Régis contando com a falha da zaga são-paulina para aproveitar sobra na pequena área: Bahia 1 a 0.

Três minutos depois de abrir o marcador, o Bahia contou novamente com Rodrigão, que aproveitou novo cochilo dos paulistas e roubou a bola no campo de ataque. A sobra ficou com Zé Rafael, que passou para Régis e daí a Mendoza, que só precisou completar a jogada: Bahia a 0.

Enquanto torcida ainda comemorava os dois gols seguidos na Fonte, o São Paulo teve pênalti marcado pela arbitragem, que apontou falta do goleiro Jean em Pratto na área. Hernanes cobrou rasteiro para diminuir e recolocar os paulistas na partida: Bahia 2 x 1 São Paulo.

Segundo tempo

O Bahia voltou se defendendo bem após o intervalo, com o São Paulo buscando o empate mas sem conseguir chegar perto do gol de Jean. Foi o Bahia quem teve a primeira boa chance no segundo tempo, com Rodrigão invadindo a área mas finalizando nas mão do goleiro São Paulino, em contra-ataque que poderia ter servido um companheiro melhor colocado para a finalização.

Aos 23 minutos, o São Paulo reclamou de pênalti não marcado no zagueiro Militão sendo puxado pela camisa pelo volante Edson, mas a arbitragem mandou seguir.

O São Paulo colocou o time todo no ataque, mas o Bahia mostrou boa postura defensiva, conseguindo segurar as investidas paulistas. O Esquadrão teve maior posse de bola e gastou bem o tempo até o apito final para garantir os três pontos em casa.

FICHA TÉCNICA

Bahia 2 x 1 São Paulo

Brasileirão - 19ª rodada

Local: Fonte Nova, às 16h

Árbitro: João Batista de Arruda (RJ)

Assistentes: Luiz Cláudio Regazone e Eduardo de Souza Couto

Bahia: Jean, Eduardo, Tiago, Lucas Fonseca e Armero; Renê Júnior, Edson e Régis; Zé Rafael, Mendoza e Rodrigão. Técnico: Preto Casagrande

São Paulo: Renan Ribeiro, Araruna, Arboleda, Éder Militão e Edimar; Jucilei, Petros e Hernanes; Marcinho, Cueva e Lucas Pratto. Técnico: Dorival Júnior.

Galáticos Online

0 comentários:

Deixe aqui sua opínião