sexta-feira, 4 de agosto de 2017

RUI BARBOSA ☼ Jovem desaparecida desde abril é achada morta e enterrada no quintal de casa

Moanne Santana foi encontrada morta e enterrada no quintal de casa, na Bahia 
(Foto: Reprodução/Facebook)

Uma jovem de 22 anos foi encontrada morta e enterrada no quintal da casa onde morava, na manhã desta sexta-feira (4), na cidade de Ruy Barbosa, a cerca de 320 km de Salvador. De acordo com a Polícia Civil, o companheiro da vítima, identificado como Madson Santos Lima, é suspeito do crime e está sendo procurado.

Segundo o delegado Geraldo Adolfo Nascimento, coordenador da Polícia Civil em Itaberaba, que abarca a polícia de Ruy Barbosa, a vítima, Moanne Oliveira Santana, estava desaparecida desde abril, mas a família dela só procurou a polícia na última semana, após desconfiar do companheiro da jovem.

Conforme o delegado, na época do desaparecimento, o suspeito teria informado para os familiares da companheira que ela foi embora de casa, mas, como a jovem não entrou em contato com a família, a situação foi denunciada.

De acordo com o delegado, após a denúncia da família, a polícia começou a investigar o caso e pediu um mandado de busca na casa onde o casal morava, no bairro Dom Matias. Nesta sexta, ao chegar no local, segundo o delegado, o corpo da jovem foi encontrado, em uma cova com cerca de 2 metros de profundidade.

"Nós suspeitamos de um local no quintal, onde tinha um cimento novo. Começamos a cavar e, depois de cerca de 2 metros de profundidade, foi encontrado o corpo. Estava bem estragado. Ainda não sabemos o que provocou a morte. Só a necrópsia vai poder dizer", contou o delegado.

O corpo da jovem foi encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) da região, onde será periciado. O suspeito está foragido. Segundo o delegado, após saber que a família da companheira havia procurado a polícia, o homem deixou os dois filhos que tinha com a jovem na casa de uma tia das crianças e fugiu.

Conforme o delegado, a prisão preventiva do suspeito já foi pedida para a Justiça, e ele deverá ser autuado por feminicídio, termo que caracteriza o homicídio onde a vítima é morta por ser mulher, e ocultação de cadáver.

0 comentários:

Deixe aqui sua opínião